Na Cama

A masturbação feminina ainda é um tabu para muitas mulheres. Algumas dessas mesmas mulheres reclamam que não conseguem atingir o orgasmo ao lado do parceiro, problema que é facilmente resolvido quando a mulher conhece bem o próprio corpo e tem domínio sobre suas áreas de prazer. A questão é fácil de entender: como você pode conseguir que seu parceiro lhe dê prazer se não sabe ao certo o que fazer para atingir esse prazer? É por isso que a masturbação é importante para que a mulher se torne conhecedora do seu corpo.

Para ajudar a encontrar formas que estimulem essa autodescoberta, a Guia Astral traz dicas de como você pode chegar ao orgasmo sozinha. De técnicas de massagens a opções de vibradores, listamos algumas opções para você. E lembre-se: é somente com a prática que você descobre o que realmente funciona para a sua excitação.

 

mulher-orgasmo

Foto: Thinkstock/ Getty Images

Desvendando o clitóris: ainda hoje, algumas mulheres não acreditam que podem chegar ao orgasmo sem a penetração. Essa ideia só pode mudar quando a mulher desvendar os mistérios (que não são tão misteriosos assim) do seu próprio clitóris. A masturbação clitoriana é garantia de prazer e orgasmo para a mulher e, apesar de muitas acharem que o orgasmo vem após muito tempo de estimulação do local, algumas chegam ao ápice do prazer em menos de 5 minutos. O segredo? A prática. No livro “Orgasmos, como chegamos lá?”, a sexóloga Jenny Hare usa os anos de experiência com suas pacientes para aconselhar as mulheres sobre o que funciona e o que não funciona na hora de tentar chegar ao orgasmo. Algumas dicas da médica são manter a mente longe dos problemas nessa hora, explorar cuidadosamente toda região ao redor do clitóris, ter delicadeza no contato e variar o nível de intensidade com que você estimula essa parte do corpo. É importante lembrar que para muitos especialistas, o famoso ponto G não existe de fato, sendo função do clitóris dar “prazer extremo” á mulher.

 

Auxílio Sex Shop: se você acha que se masturbar “só com as mãos” é muito sem graça, você pode ir ao sex shop mais próximo e buscar opções que lhe auxiliem nessa tarefa. Os vibradores são os objetos mais procurados pelas mulheres para conseguirem sentir prazer sozinhas. Mas mesmo com a ajuda de um vibrador, procure estimular seu corpo de forma diferente. Nunca limite o prazer apenas à área da vagina. Estimule os seios, o bumbum e outras partes que, ao descobrir que lhe dão prazer, você poderá informar ao seu parceiro, fazendo-o “acertar na mosca” quando estiverem juntos.

 

Varindo posições: outra forma de você descobrir o que melhor funciona com você quando o assunto é “chegar ao orgasmo”, é experimentar diferentes posições na hora de se masturbar. A maioria dos especialistas afirma que a melhor posição para a mulher é deitada de costas e com as pernas bem próximas ou com os joelhos levemente flexionados. Mas é a sua hora de se descobrir. Experimente masturbar-se sentada, deitada, na cama, no banho… Encontre a forma que mais lhe dá prazer e procure outras formas de se estimular quando a posição não é “das mais prazerosas” para você. Só assim você conseguirá descobrir um jeito de se satisfazer independente da posição que seu parceiro prefere na hora da relação sexual.

 

Converse com seu médico: calma, não estamos dizendo que você tem algum problema. Mas o auxílio do sue ginecologista é fundamental para uma vida sexual (tanto com o parceiro, quanto sozinha) saudável. Tenha uma boa conversa com seu médico e tire todas as suas dúvidas. Algumas mulheres mal sabem o nome de suas partes íntimas e onde ficam cada uma delas. Não é vergonha nenhuma tirar dúvidas, pelo contrário, isso mostra que você está cuidando da sua vida sexual, e que deseja melhorá-la ainda mais.

** Já curtiu o Facebook da Guia Astral? Corre lá que tá bombando!


Matérias Relacionadas

Os comentários não representam a opinião deste site; a responsabilidade é do autor da mensagem.